Uaréview: Dirk Gently’s Holistic Detective Agency

dirk-gentlys-holistic-detective-agency-poster

Zapeando esses dias na netflix como quem não quer nada, manja quando tu está procurando alguma coisa para assistir enquanto janta? Então olhei para esse seriado já com o  estômago roncando e pensei “essa carne moída com batata parece ser uma delícia” e cliquei.

Já na primeira cena do seriado larguei a maravilhosa comida de lado, me ajeitei no sofá e comecei a prestar mais atenção. Quando menos esperei, já tinha assistido a temporada inteira, eram trocentas horas da madrugada e tinha de trabalhar no outro dia! Mas que doideira era aquela que acabei de assistir?

Como eu explico esse seriado? Bom, o tal do Dirk Gently é um detetive que não tem a mínima capacidade de dedução, não é observador, meio inocente e até vacilão. Em resumo ele é um merda, mas acredita que tudo está conectado no universo, então se o mesmo quer que solucione o caso, o mesmo vai fazer de tudo para que ele finalize seu trabalho. Sério, é o sonho de consumo de todo o procrastinador!  E o pior, no seriado esse troço dá certo! É muito engraçado perceber o universo de fundo conspirando para que tudo se resolva, parecem aquelas partidas de RPG em que os jogadores são mais burros que uma porta velha e o mestre têm de ficar manipulando a história para que o grupo pelo menos consiga chegar ao final da história! Fantástico!

Dirk Gently

Falando nisso, a história é muito bem contada, trama amarradinha, é como o Dirk sempre fala: Tudo está conectado! Então os primeiros episódios te jogam trocentas cenas desconexas, com um monte de coisa acontecendo ao mesmo tempo, cenas non sense que te deixam mais perdido que filho da puta em dia dos pais! Ficamos perdidões sem ter ideia do que está rolando, mas vai por mim que tudo fará sentido, até mesmo o pessoal que morre dilacerado por um ataque de tubarão na cobertura de um prédio, o bilhete de loteria, o gato, o cachorro, a mina amarrada, os carecas de tatuagem e o cara da máscara de macaco!

Ah tá, obra baseada em obra do Douglas Adamas, o cara que escreveu Guia do Mochileiro das Galáxias! Tem o cara que fez o Frodo no senhor dos anéis interpretando muito bem um bosta, aliás, as atuações são muito boas, mesmo que Dirk pareça um clichezão, uma imitação de Doctor Who nos primeiros episódios, ele vai evoluindo conforme os episódios vão se desenrolando. Destaque para a melhor e mais letal assassina Holística de todos os tempos, que nunca matou ninguém que não fosse um alvo! Gostei bastante do seriado, aconselho a vocês que chegaram até aqui que tirem um tempinho para assistir, mas vai de mente aberta, de preferência bêbada!

dirk-gently-episode-3-5

Não sou ninguém na fila do pão, só mais um na multidão, mas não toca na minha paçoquinha meu irmão!