E se o filme dos Vingadores tivesse sido filmado em 92?

E aí Uarévaiada!
Aproveitando o ócio que ronda meu cérebro, me inspirei nas notícias da Comic-Com 2013 sobre o Ultron ser o vilão de Vingadores 2, resolvi fazer um exercício criativo.
E se a Marvel tivesse produzido Os Vingadores 20 anos antes, em 1992 e não em 2012?

Entretanto, foloda-se quem era a equipe na época. Meu elenco vai ser o mesmo do longa do Josueldon. Afinal, ninguém aqui está interessado em ver um filme dos Vingadores com o Magnum, não é? Bora pirar.
Capitão América – Brad Pitt


Em 92, Brad Pitt tinha acabado de despontar em Hollywood depois do sucesso de Thelma e Louise no ano anterior. Era um astro em ascensão, mas ainda apenas com o rótulo de galã pelos papéis que vinha interpretando.

Nos anos seguintes se firmaria como um grande nome do cinema ao fazer Amor a Queima Roupa, Entrevista com o Vampiro e Lendas da Paixão. Sendo assim, minha escolha vai pelo biótipo do ator, que combina muito com Steve Rogers, além do que ele já dava provas que era um ator muito mais completo do que Chris Evans jamais será.

Homem de Ferro – Pierce Brosnan


Quem melhor pra ser o bon-vivant Tony Stark do que o bon-vivant James Bond? Daniel Craig pode ter trazido a tona um 007 mais truculento e massavéio, mas Brosnan encarnou perfeitamente o lado mais galanteador e malandrão do espião britânico.

Uma versão perfeita para o herói bebum. Brosnan em 92 vinha de uma safra de filmes estilo Supercine e nesse ano fez aquele filme desgraçado “O Passageiro do Futuro”, e só iria assumir o smoking do agente secreto 3 anos depois.


Thor – Dolph Lundgren

Mas não tem escolha mais óbvia! Lundgren estava no auge como astro de ação, e nesse ano ele estrelou ao lado do ídolo do Modesti o crássico Soldado Universal.

Ele já tinha interpretado um herói da Marvel, o Justiceiro, 3 anos antes. E ainda por cima, o brutamontes interpretou o He-Man naquele filme de mierda, mas que no visual, tem tudo a ver com o deus do trovão. Ivan Drago é o Thor.


Bruce Banner – Tom Hanks


Tentaram usar um galãzinho para ser o Banner no filme do Ang Lee. Tentaram usar um ator fodão/alternativo para fazer o Banner da Marvel. E o único que realmente deu certo foi um ator com aparência comum, acostumado a comédias românticas. Sendo assim, a melhor escolha seria alguém dentro desse perfil. 
Tom Hanks em 92 era um nome conhecido, mas ainda não tinha se consolidado como um astro, o que só viria a acontecer com Filadélfia, Forrest Gump e Apollo 13, nos anos seguintes. Hanks estava transitando de um ator de comédias família – Um Dia a Casa Cai; Meus Vizinhos são um Terror; Quero ser Grande – para alguns filmes mais sérios – como Fogueira das Vaidades. 
Além disso, estava virando também um sinônimo de comédia romântica. Além do que poucos atores encarnam tão bem o estereótipo do cara comum. Para o monstrengo, chamamos a equipe que deu vida aos dinossauros de Jurasic Park e um mecatronico misturado com um pouco de CGI, se ficar na qualidade dos dinos do parque, já ta mais que bom.

Viúva Negra – Cindy Crawford

Cindy Crawford. It’s the fucking Cindy Crawford. No início dos anos 90 ela era talvez a maior supermodelo do mundo. Ela não tinha feito nenhum filme. Apenas um DVD ensinando a malhar e manter a forma. Ela apresentava lá um programa na MTV.

Seu primeiro trabalho no cinema foi só em 1995, em Unzziped, com uma porrada de outras modelos. Mas froga-se! Ela é a CINDY CRAWFORD PORRA! A encarnação de Natasha Romanov perfeita!

Gavião Arqueiro – Emilio Estevez

Para o papel eu tinha pensado no Charlie Sheen, afinal o cara sempre soube fazer bem o papel de cara mudafucka.

Mas como nosso orçamento ta apertado já, e o doido do Sheen começava a ficar em alta, protagonizando alguns filmes como Top Gang, vou pela saída mais fácil e coloco um genérico, o mais sem graça e menos talentoso irmão do mister Winning, Emilio Estevez.

Basta o canastra conseguir emular um pouco a filha da putice do irmão de sucesso e temos um bom Clint Barton. Afinal, o Gavião em si é um bucha, nada mais justo que outro o interprete.


Nick Fury – David Hasselhoff

Nem vou defender a escolha. De Supermáquina a SOS Malibu, o melhor personagem do ator foi a sua versão do Fury para o malfadado filme do agente da Shield.









Maria Hill – Courteney Cox

Eu sei que a personagem não existia em 1992. E também sei que em 1992 eu tinha 10 anos e não poderia escolher o elenco desse filme. Então foda-se né? Afinal, tem muito cueca e pouca calcinha nesse elenco.

Se no filme de 2012 a escolhida foi uma atriz de How I Meet Your Mother, nada mais justo que, 20 anos antes, a escolhida fosse uma atriz da série mãe desta.

Apesar de Friends só começar em 1994, Courteney Cox já estava por aí em algumas séries e fazendo uma ponta no supracitado desgraçado filme do He-Man. Além de que ela era uma tetéia. ^_^

Agente Coulson – Ed O’Neill.

Al Bundy, agente da SHIELD. Nada mais precisa ser dito.











Loki – Gary Oldman

Gary Oldman sempre foi foda. Isso é um fato. Mas em 1992 ele encarnou Drácula. Talento, ele tem de sobra. Sabe interpretar um maluco como ninguém.

Então, um ator conceituado para o grande vilão era o lema dos filmes de super-heróis dos anos 90. O Gordon iria roubar a cena de todo mundo quando aparecesse, e essa é a intenção.

É isso ae cambada. Gostaram? Acharam uma merda? Nem leram? Comentem aí quem vocês substituiriam nesse elenco. E, para terminar, por favor, um pouco mais de CINDY CRAWFORD!


EITCHA LELÊ!

Podcast, Quadrinhos, CInema, Seriados e Cultura Pop